segunda-feira, 20 de março de 2017

Conheça as 4 dicas para uma alimentação saudável, sem carne, indicada pela ONU.



Conheça as 4 dicas para uma alimentação saudável, 
sem carne, indicada pela ONU.

Por Dizy Ayala

A procura por uma alimentação mais saudável é uma tendência mundial e está amparada em dados estatísticos apresentados no mais completo estudo realizado sobre alimentação humana, pela Universidade de Harvard e divulgado pela FAO (Organização da ONU para Alimentação e Agricultura).

"Sete em cada dez doenças que surgiram nos seres humanos, nas últimas décadas são de origem animal e, em parte, diretamente relacionadas com a busca humana por mais alimentos de origem animal como carnes, laticínios e ovos". FAO

O programa nutricional My Plate, realizado com base nesse estudo, tem sido amplamente divulgado nos Estados Unidos, um dos países que tem o desafio de fazer uma reeducação alimentar, propõe um formato que sugere o fim do modelo da pirâmide alimentar substituindo-o pelo prato, com as devidas porções para cada grupo de alimentos.


Os 4 principais grupos nutricionais a que devemos estar atentos para uma alimentação saudável são: proteína, carboidratos, vitaminas e sais mineraisOBS. Encontramos todos esses nutrientes nos alimentos de origem vegetal.


São 4 dicas principais:

  • Preencha metade do seu prato – almoço ou jantar – com legumes, verduras, frutas e grãos integrais, que são naturalmente ricos em nutriente.




  • Comer menos açúcar e mais fruta. Dê preferência ao consumo de frutas como sobremesa.




  • Recomendação para dietas vegetarianas e vegana. É a primeira vez que as diretrizes alimentícias incluem um modelo para alimentação saudável vegetariana e vegana. 
"Ao examinarmos os vários padrões de dietas do mundo inteiro, reconhecemos que dietas vegetarianas fornecem todos os nutrientes essenciais de que precisamos para sermos saudáveis", afirma Robert Post, diretor do Centro de Políticas e Promoção da Nutrição, do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

  • Dica n° 4, ainda segundo o estudo, 
  • "O que você pode fazer: 
  • substituir carne, frango, porco e peixes por proteína de soja e tofu, além de outros grãos como feijões, lentilhas, quinoa, grão-de-bico, arroz integral, milho, etc.

Dietas vegetarianas possuem a mesma ingestão de proteínas que dietas com carne, com as vantagens de diminuir is níveis de colesterol e incluir alimentos ricos em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes que uma pessoa que ingere carne não comeria normalmente".




Algumas marcas de alimentos vegetais presentes nas prateleiras dos supermercados: Superbom e Goshen









Acesse o link e aprenda 12 receitas caseiras 
deliciosas de leite vegetal




Dizy Ayala

Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Formanda em Publicidade e Propaganda -  
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Páginas no facebook
Uma Escolha pela Vida
Ação pelos Direitos dos Animais  
dizyayala@gmail.com






Adquira seu exemplar da obra Uma Escolha pela Vida 
e faça você também um consumo consciente 
com maior qualidade de vida, respeito ao meio ambiente 
e às outras espécies que o dividem conosco.

Informações no link







2 comentários:

  1. Super legal isso. é muito bom saber que temos mais opções de marcas veganas hoje em dia e q está mais fácil encontrar.
    www.verdeveggie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Grata por seu comentário. Muito bom mesmo! São muitas opções saborosas e nutritivas que permitem um amplo leque de opções para uma alimentação saudável e sem nada de ingrediente animal. Bom para as pessoas, para o planeta e para os animais.

      Excluir