sábado, 29 de outubro de 2016

Animais - Coisas ou Vidas?


Animais  - Coisas ou Vidas?


E se você pudesse viver fazendo tudo o que faz, sem o uso de animais?
Se soubesse que temos alternativas para todas as formas de uso animal, não acha que seria correto deixarmos de usá-los ou explorá-los? Pois sim, hoje temos alternativas para todas as formas de uso animal, seja no vestuário, alimentação, trabalho, diversão, sem a necessidade de usá-los.

Diversos estudos comprovam que animais, assim como nós, são seres sencientes. Os animais (incluindo répteis, anfíbios, aves e peixes) possuem sistema nervoso idêntico ao humano e, portanto, são capazes de sentir o mesmo que nós - alegria, prazer, como também, fome, frio, medo e dor. Assim, podemos seguramente deduzir que, como nós, eles também não desejam sofrer ou serem explorados. E a Ética, com o princípio de tratar situações semelhantes de modo semelhante, nos diz que não há justificativa para continuar a usá-los.

Animais não são produtos, mercadorias, bens ou propriedades. A natureza não os criou para nosso uso ou para nos servir. Muito bem expressou Alice Walker, escritora, autora de A Cor Púrpura, ganhadora do prêmio Pulitzer e ativista pelos direitos humanos:

"Os animais existem no mundo para seus próprios propósitos, Não foram feitos para os humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens".

The Dreaded Comparison, Marjorie Spiegel, 1996, pág 14.

Saiba mais sobre a importância de nossas escolhas de consumo na construção de um mundo mais compassivo, saudável e sustentável.
http://acaopelosdireitosdosanimais.blogspot.com.br/2014/07/a-importancia-de-nossas-escolhas.html

Dizy Ayala
Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Defensora dos Direitos dos Animais, 
Formanda em Publicidade e Propaganda - 
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Página no facebook
Ação pelos Direitos dos Animais  
dizyayala@gmail.com


Saiba mais sobre estes e outros temas no livro Uma Escolha pela Vida 
e faça você também um consumo consciente 
com maior qualidade de vida, respeito ao meio ambiente 
e às outras espécies que o dividem conosco.

Informações no link






terça-feira, 25 de outubro de 2016

Livro sobre direito animal e veganismo é lançado nas principais livrarias do país


Livro sobre direito animal e veganismo
é lançado nas principais livrarias do país

O livro Uma Escolha pela Vida é um convite a cada um de nós para a construção de um mundo mais saudável, sustentável e compassivo.
Aborda temas da atualidade como alimentação saudável, consumo consciente e a compaixão pelos animais.

Trata-se de uma publicação independente da autora e blogueira vegana, Dizy Ayala com distribuição em livrarias e pontos comerciais no Rio Grande do Sul e também para todo Brasil nas principais livrarias do país: Livraria Cultura e Livraria Saraiva.

O veganismo é um tema que vem ganhando espaço, uma vez que há um número crescente de pessoas aderindo a essa filosofia de vida.

Quando fazemos escolhas mais conscientes, estamos tratando de preservar nosso próprio futuro na Terra e das próximas gerações. Sim, porque uma vez que somos parte de um todo, esse todo responde a cada uma de nossas ações.

Conseguimos obter respostas mais positivas quando nossas ações são mais solidárias, comprometidas e colaborativas.


Ficou interessado? 
Confira abaixo os capítulos da obra e os links para adquirir o seu exemplar.

I - Valores da infância................................................................................................ 09
II - A importância de nossas escolhas diárias de consumo ....................... 13
Escolhas do que você usa.................................................................................... 14
Escolhas do que você veste................................................................................. 15
Escolhas do que te diverte................................................................................... 16
Escolhas do que você come................................................................................ 17
III - Pare com os testes em animais...................................................................... 23
Pesquisa científica de Philip Low e Stephen Hawking comprova a
consciência dos animais............................................................................................. 24
Recursos Substitutivos................................................................................................ 28
IV - Por uma sociedade sem peles de animais................................................ 35
Couro de animais exóticos........................................................................................ 38
A Revolução do Couro Vegetal................................................................................ 38
V - Pelo fim dos zoos, aquários, circos com animais e rodeios............... 41
Zoos e aquários............................................................................................................ 42
Circos............................................................................................................................. 44
Rodeios.......................................................................................................................... 47
VI - Você tem fome de que?.................................................................................... 49
Você come para matar a fome ou come para se nutrir?................................... 50
1) Comer alimentos mais ricos em nutrientes................................................. 51
2) Comer menos alimentos sólidos e açúcar................................................... 52
3) Comer mais frutas todos os dias.................................................................... 52
4) Vegetarianismo e veganismo são saudáveis............................................... 53
Omelete vegano......................................................................................................... 56
Leites vegetais............................................................................................................. 56
Quebrando o mito do bolo sem leite e sem ovo................................................ 59
Orgânicos, Bee or not be?........................................................................................ 60
Conheça os 10 piores alimentos e aprenda a substituí-los........................... 63
1º e 2º Lugar – Refrigerante diet e refrigerante comum.............................. 63
3º Lugar – Donuts ................................................................................................. 64
4º Lugar – Cachorro Quente............................................................................... 65
5º Lugar – Bacon.................................................................................................... 66
6º Lugar – Salgadinhos de batata....................................................................... 66
7º Lugar – Batata frita............................................................................................ 66
8º Lugar – Pizza...................................................................................................... 67
9º Lugar – Salgadinho de milho......................................................................... 68
10º Lugar – Sorvete............................................................................................... 68
VII - Porque a causa animal também é uma questão ambiental............. 69
Mudanças climáticas................................................................................................... 71
Fome mundial.............................................................................................................. 73
VIII - Solidariedade humana.................................................................................... 77
IX - Quando a compaixão evolui a tradição..................................................... 81
X - O veganismo nos conecta................................................................................. 85

Apêndice.......................................................................................................................... 87
A dor da menina por seu animal de estimação......................................................... 88

Escolhas diárias cruelty free (sem crueldade)............................................................ 92

Referências Bibliográficas.......................................................................................... 93
Links............................................................................................................................... 93

Agradecimento............................................................................................................ 95


Compra via Pag Seguro para todo Brasil clique no botão no topo da página





Apesar de no acesso ao link constar essa mensagem: Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar, nos informou a assessoria da livraria que é só fazer o pedido normalmente que eles remetem.



Saiba mais sobre estes e outros temas no livro Uma Escolha pela Vida 
e faça você também um consumo consciente 
com maior qualidade de vida, respeito ao meio ambiente 
e às outras espécies que o dividem conosco.

Adquira já o seu! Informações no link








Dizy Ayala
Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Defensora dos Direitos dos Animais, 
Formanda em Publicidade e Propaganda -  

Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Página no facebook
Ação pelos Direitos dos Animais  
dizyayala@gmail.com

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Exploração animal, solução ou problema? 70% das doenças modernas em seres humanos são de origem animal.



Exploração animal, solução ou problema?

70% das doenças modernas em seres humanos 

são de origem animal.


Por Dizy Ayala

A exploração animal está diretamente relacionada aos maiores problemas humanos. Observe:

Mais da metade da água potável do mundo é destinada à produção de carne, leite, ovos, lã, couro, dentre outros produtos de origem animal. 
Enquanto isso, 1 bilhão de pessoas passam fome no mundo.

80% do trabalho escravo no Brasil encontra-se na criação de gado.

A criação de animais e o setor frigorífico é a atividade que mais gera ocorrência de doenças e acidentes de trabalho no Brasil.

70% das doenças modernas em seres humanos são de origem animal e são as que mais matam no mundo todo, como as doenças cardiovasculares e os principais tipos de câncer, como o de mama e de próstata. Isso gera também um prejuízo crescente à saúde e economia pública, todos os anos.

Estudos comprovam a relação de que práticas cruéis aos animais tendem à dessensibilização humana e, portanto, a evoluir para atos insensíveis também contra humanos.

Quando você considera o veganismo passa a enxergar o animal não-humano como indivíduo e não como propriedade. 

É possível com atitudes simples, deixar de compactuar com práticas cruéis e não sustentáveis, como:

* Substituir carnes, laticínios e ovos por alimentos vegetais;
Saiba mais sobre o Programa Nutricional My Plate
recomendado pela ONU
http://acaopelosdireitosdosanimais.blogspot.com.br/2014/09/voce-tem-fome-de-que-voce-come-para.html

* Evitar roupas que contenham couro, lã, pele;
Campanha para renovar o guarda-roupa
http://acaopelosdireitosdosanimais.blogspot.com.br/2016/04/campanha-para-renovar-o-guarda-roupa.html

* Recusar produtos de empresas que testam em animais;
Lista de produtos não testados em animais
http://acaopelosdireitosdosanimais.blogspot.com.br/2016/04/lista-de-produtos-nao-testados-em.html


* Não frequentar eventos que façam uso de animais como zoos, aquários, rodeios.




Dizy Ayala
Defensora dos Direitos dos Animais, 
Formanda em Publicidade e Propaganda -  
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Página no facebook

Ação pelos Direitos dos Animais  

Saiba mais sobre estes e outros temas no livro Uma Escolha pela Vida 
e faça você também um consumo consciente 
com maior qualidade de vida, respeito ao meio ambiente 
e às outras espécies que o dividem conosco.

Adquira já o seu! Informações no link

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Decisão do STF sobre fim da vaquejada vale para todo Brasil e não há como recorrer da decisão.


Decisão do STF sobre fim da vaquejada vale para todo Brasil e não há como recorrer da decisão.


Por Dizy Ayala

Agora, no Brasil, a vaquejada ocupa a mesma instância da ilegalidade da farra do boi e das rinhas de galo, por ferir o artigo 225, §1º, VII de nossa Constituição Federal, que incumbe ao Poder Público o dever de: "proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção de espécies ou submetam os animais a crueldade".


A decisão proíbe a vaquejada no Brasil inteiro, pois ações de Ação Direta de Inconstitucionalidade, como a ADI 4983, possuem efeito erga omnes - um termo usado no meio jurídico quando uma decisão vale para todos, a nível nacional. 

Desta forma, novas leis que tentem considerar a prática da vaquejada como "patrimônio cultural", não poderão entrar em vigor, pois o STF já determinou que a prática é ilegal, e não há como recorrer da decisão.

A expectativa é que tal decisão contribua em ações futuras contra os rodeios.

Votação da ADI 4983 aconteceu em 06/10/2016

Votaram A FAVOR DOS ANIMAIS: Cármen Lúcia, Celso de Mello, Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski, Roberto Barroso e Rosa Weber.

Votaram CONTRA os animais: Dias Toffoli, Edson Fachin, Gilmar Mendes, Luiz Fux e Teori Zavascki.


Pelo fim de animais em festas de rodeios, vaquejadas e touradas

http://acaopelosdireitosdosanimais.blogspot.com.br/2016/01/pelo-fim-de-animais-em-festas-de.html



Dizy Ayala
Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Formanda em Publicidade e Propaganda -  
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Defensora dos Direitos dos Animais, 
Página no facebook
Ação pelos Direitos dos Animais  



Conheça os 10 Piores Alimentos e Aprenda a Substituí-los



Conheça os 10 Piores Alimentos e Aprenda a Substituí-los


1º e 2º LUGAR - Refrigerante Diet e refrigerante comum


Para começar, saiba que uma latinha de refrigerante tem pelo menos 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, em torno de 30mg de cafeína e, claro, corantes artificiais e sulfitos.

São necessários 30 copos de água para neutralizar a acidez do refrigerante. É por isso que as pessoas costumam declarar que não perdem a sede ao ingerir essa bebida! 

Imagine o trabalho que seus rins têm... E não são só os rins que sofrem! Os ossos também ficam prejudicados, já que liberam muitos minerais e cálcio para o sangue para ajudar a acabar com a acidez do refrigerante. Nosso corpo precisa do equilíbrio em acidez e alcalinidade.

Se refrigerante normal já é um veneno, o diet é ainda pior. Além de ser tão danoso quanto qualquer refrigerante, o diet tem aspartame – ou AminoSweet. Essa substância está relacionada com o aparecimento de muitas doenças, como ataques de ansiedade, compulsão alimentar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tontura, epilepsia, fadiga, dores de cabeça, perda auditiva, hiperatividade, insônia, dor nas articulações e muitos outros problemas.

A dica é consumir água e sucos naturais. Há também as opções em supermercados de sucos integrais, que contenham no rótulo a menção: Sem adição de açúcar, sem corantes ou conservantes. Ou faça você mesmo(a)! Opte por sucos de frutas. Dica: preparar com água mineral gaseificada, dá um sabor mais refrigerante ao suco!

3º LUGAR – Donuts 

Os donuts são mais populares nos EUA, mas também são consumidos aqui no Brasil. São ricos em gorduras trans. Esse tipo de gordura tem relação com doenças cardíacas, cerebrais e com o câncer. Como se não bastasse, rosquinhas fritas são cheias de açúcar, condicionadores de massa artificiais e outros aditivos que vão transformar cada rosquinha em uma verdadeira bomba calórica. 

As crianças adoram os cookies e há muitas opções no mercado, de granola, castanhas e bloquinhos de cacau. Uma opção maravilhosa é trazer seus filhotes ou alunos para fazer com você! O entusiasmo é enorme e os ganhos alimentares, certeiros! Experimente!

Obs. Ler o rótulo! Biscoitos Bell Vita, cookies Mãe Terra da Jasmine e bolachas Maria da Mossman são opções sem leite!

 4 – Cachorro-quente
Esse lanche popular está associado ao aumento de câncer no pâncreas. Um dos estudos efetuados por Michelle Schoffro Cook revelou que esse aumento chega a ser de 67%. O nome do vilão em questão é nitrito de sódio. Ele está presente em carnes processadas, salsicha, bacon, salame... E essa substância do mal é altamente cancerígena, tendo relação com leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebês. Há também estudos que comprovam que a substância pode causar câncer colorretal.

Uma em cada 10 salsichas tem vírus da hepatite E. Mulheres, nos três últimos meses de gravidez, são ainda mais suscetíveis.
Para preparar um saboroso cachorro-quente, dê preferência a salsichas veganas, o sabor assemelha-se em muito, porque o que vai determiná-lo é o tempero! Marcas Superbom e Goshen, disponíveis na rede Carrefour e Zaffari.
Superbom, a marca pioneira no Brasil, também oferece a 
maionese de origem vegetal Vegetale. Opção sem colesterol, pois não contém ovos, nem leite!

5º LUGAR – Bacon O consumo diário eleva a 42% o risco de doenças cardíacas e a 19% as chances de desenvolver diabetes. Um estudo feito pela Universidade de Columbia, nos EUA, constatou que ingerir 14 porções de bacon por mês (uma a cada dois dias) prejudica o funcionamento do pulmão e aumenta a incidência de doenças pulmonares. Opte por bacon vegetal (Tofurky) ou glutadela (Goshen).


6º LUGAR – Salgadinhos de batata

Se a batata frita tem acrilamida, cancerígena, os índices contidos nos salgadinhos de batatas (chips) são muito mais altos. Evite o consumo!

7 º LUGAR – Batata frita

O problema nas batatas fritas usuais não está só na conta da fritura e das grandes quantidades de gorduras trans, mas também na substância mais cancerígena de todas: a acrilamida, que se forma quando batatas brancas são superaquecidas. Também, a presença do óleo, que causa o mesmo efeito que o salgadinho: inflamações que aceleram e agravam problemas cardíacos, câncer e artrite.

Em todas as situações o sal deve ser apenas adicionado ao final, sobre as batatas. Se ele vai para o aquecimento, torna-se sempre mais prejudicial, pois libera doses sempre maiores de sódio.
 Quanto menos você comer, melhor. 
Dica: Vá introduzindo chips de batata doce, banana verde ou aipim (cortados crus). Adicionando o sal após a fritura, ficam deliciosos.

8º LUGAR – Pizza

Muitas famílias já se acostumaram a comprar as pizzas pré-prontas, congeladas, à venda em qualquer supermercado. Elas são feitas com condicionadores de massa artificiais e muitos conservantes. Você acha que está comendo pizza, mas seu corpo entende que você está engolindo potes de açúcar, pois é nisso que esses alimentos se transformam assim que você os ingere. Tudo de ruim, além de que os ingredientes leite e queijo e mais, derivados da carne, em nada auxiliam o necessário detox de uma culinária saudável. A pizza calabreza é uma das mais danosas à saúde!



Você não precisa deixar de comer pizza. Faça você mesmo com massas pré-prontas (fique atento aos rótulos) ou prepare massa caseira. Prefira queijos vegetais como tofu, Requeisoy e Superbom.

9º LUGAR – Salgadinho de Milho

É preciso cuidar com o consumo de alimentos transgênicos, e o milho, no geral, está no topo. 
A própria OMS (Organização Mundial de Saúde) declara que atualmente o milho causa problemas de saúde para os humanos. O cultivo acontece especialmente para ração animal e biocombustíveis, mas, por tradição, o consumo humano permanece, sem que o consumidor conheça os perigos da ingestão diária de transgênicos. 
Assim, hora de deixar de lado os salgadinhos de milho. Eles são capazes de alterar os níveis de açúcar no sangue, ocasionando aumento de peso e alterações de humor. Lembre também que os salgadinhos são fritos em óleo. Essa mistura de milho transgênico e gordura (geralmente também transgênica) pode induzir inflamações diversas.
Dica: Para substituir os danosos salgadinhos, nada como uma pipoca, feita ao velho estilo caseiro! Aquela na panela, não no microondas! Lembrem que o sal é adicionado somente após. A pipoca possui o chamado carboidrato do bem, pois na parte macia possui o amido resistente e na casca, antioxidantes e fibras.


10º LUGAR – Sorvete 
O sorvete é uma massa gelada doce e cheia de gordura. E que quase todo mundo adora. O problema é que esses produtos contêm altos níveis de açúcar que aumenta a hiperatividade especialmente em crianças, além de gorduras trans. Além disso, há os corantes, espessantes, conservantes e saborizantes, todos prejudiciais ao organismo. Além disso tudo, alguns tipos de sorvetes têm neurotoxinas, que são substâncias capazes de prejudicar o cérebro e o sistema nervoso de um modo geral.

Sorvete instantâneo de banana, feito com a fruta congelada



VOCÊ VAI PRECISAR DE6 bananas maduras   

MODO DE PREPARO: Descasque as bananas e coloque-as no freezer por 2 horas. Quando ficarem completamente congeladas é que estão no ponto ideal para virarem sorvete. 
Corte as bananas em fatias finas e as coloque dentro de um liquidificador ou processador de alimentos. 
Bata a banana por cerca de 30 segundos ou até que ela fique cremosa e macia, com a consistência de sorvete.
Você pode cobrir o sorvete com a geleia de morango ou melado de cana. Ambos combinam muito bem com o sabor de banana.
Também é possível misturar outras frutas no preparo (congeladas) para obter outros sabores.



É preciso ter atenção sobretudo às crianças, que costumam consumir os alimentos da “lista negra” com bastante frequência.
— Hoje, os principais problemas de saúde infantil são colesterol alto, diabetes e hipertensão precoces. Há ainda a obesidade, que implica risco maior de infarto e câncer quando a criança se tornar adulta — explica Valéria Abrahão Rosenfeld.
Para o nutricionista Marcelo Barros, do Instituto Nacional de Cardiologia, mais importante do que classificar os piores alimentos de todos os tempos é incentivar a mudança de mentalidade em relação ao que faz bem à saúde:
— O maior vilão não é a comida que faz mal, mas o pensamento das pessoas quanto aos alimentos bons. É preciso mostrar que o saudável também pode ser saboroso.


fonte: Estudo da nutricionista clínica canadense Michelle Schoffro Cook, membro da Sociedade Internacional de Medicina Ortomolecular, que elaborou um ranking das iguarias mais prejudiciais à saúde.

http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/saiba-quais-sao-os-10-piores-alimentos-para-corpo-humano-9960700.html#ixzz4GkXXYs3x

http://compromissoconsciente.blogspot.com.br/2014/08/conheca-os-10-piores-alimentos-e.html





Dizy Ayala
Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Formanda em Publicidade e Propaganda -  
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Defensora dos Direitos dos Animais, 
Página no facebook
Ação pelos Direitos dos Animais