segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Canadá lança novo guia para alimentação que exclui laticínios e enfatiza alimentos vegetais


Canadá lança novo guia para alimentação
que exclui laticínios 
e enfatiza alimentos vegetais

Por Dizy Ayala

Novas recomendações para uma alimentação saudável foram publicadas pelo governo canadense com ênfase na importância de se incluir uma “proporção elevada de alimentos à base de vegetais”. Os vegetais, portanto, foram colocados em uma categoria acima dos alimentos de origem animal.

O guia ressalta a importância dos grãos integrais e que esses são a melhor fonte de proteína. A recomendação é a de uma “ingestão regular de vegetais, frutas, grãos integrais e alimentos ricos em proteínas, especialmente fontes de proteína baseadas em vegetais”.

Há também um incentivo para que as pessoas deixem de consumir produtos de origem animal, substituindo as gorduras saturadas, presentes nesses alimentos, pelas chamadas gorduras insaturadas, provenientes de alimentos vegetais, particularmente as oleaginosas (castanhas, amêndoas, gergelim, linhaça, óleo de oliva e de girassol, entre outros) que são saudáveis e benéficas para o organismo.
Ainda de acordo com as diretrizes, as pessoas são estimuladas a beber água e eventualmente, sucos naturais de fruta. O leite e seus derivados foram retirados do guia, tendo em vista estudos recentes que o apontam como um alimento de risco.
Saiba mais aqui
Laticínios não fazem parte de uma alimentação saudávelhttp://acaopelosdireitosdosanimais.blogspot.com.br/2015/06/laticinios-nao-fazem-parte-de-uma.html
Por fim, o guia destaca que “as dietas com mais alimentos à base de vegetais estão associadas a um menor impacto ambiental”, uma vez que a produção de alimentos está intimamente relacionada ao meio ambiente.  A produção de produtos de origem animal é reconhecidamente a principal causa de degradação ambiental e das mudanças climáticas, por conta das emissões de gases de efeito estufa, a degradação do solo, poluição e escassez da água, desflorestamento, a morte de animais silvestres, entre outros.
As diretrizes do guia alimentar do Canadá, com foco na alimentação saudável, estão baseadas em estudos e pesquisas que apontam para evidências de saúde humana. Portanto, foram desconsiderados dados apresentados pela indústria.

Matéria redigida a partir de dados publicados no Huffington Post.

Dizy Ayala

Blogueira, Revisora, Escritora, Vegana.
Formanda em Publicidade e Propaganda -  
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Páginas no facebook
Uma Escolha pela Vida
Ação pelos Direitos dos Animais  
dizyayala@gmail.com






Adquira seu exemplar da obra Uma Escolha pela Vida 
e faça você também um consumo consciente 
com maior qualidade de vida, respeito ao meio ambiente 
e às outras espécies que o dividem conosco.

Informações no link